para não esquecer

Preocupe-se mais com a sua consciência do que com sua reputação. Porque sua consciência é o que você é,e a sua reputação é o que os outros pensam de você. E o que os outros pensam, é problema deles." (Bob Marley)
"... E o enchi com o meu Espírito. Eu lhe dei inteligência, competência e habilidade para fazer todo tipo de trabalho artístico; para fazer desenhos e trabalhar em ouro, prata e bronze; lapidar e montar pedras preciosas; para entalhar madeira; e para fazer todo tipo de artesanato." Ex 31.3-5

Seguidores

segunda-feira, 18 de junho de 2012

REFORME SUA POLTRONA


Criatividade e bom gosto na combinação dos tons foram essenciais para a artesã Cissa Mesquita, da Servmak, transformar uma velha poltrona em um item de destaque para decorar  asala de estar.
Materiais:
• Máquina Brother SQ 9000
• 6 m de tecido jacquard de chenille em tons terrosos (dupla face)
• 2 m de veludo em tons terrosos
• Zíper de tapeceiro
• Papel termocolante
• Risco
• Fita métrica
• Tesoura
• Cola quente
• Tachinhas
• Manta acrílica
• Final do zíper
• Ferro de passar


1. Desmanche a poltrona antiga e use o tecido para tirar a medida no veludo e no jacquard. Recorte. Depois, transfira o risco do desenho dos braços da poltrona para o papel termocolante oito vezes, passe a ferro e recorte.
2. Remova a película do papel termocolante. Faça a montagem da estrela sobre o veludo, alternando as duas estampas para criar um efeito diferenciado. Repita o procedimento, para decorar o outro braço da poltrona. Prenda o tecido nos braços da poltrona utilizando as tachinhas. 
3. Faça sete vezes o desenho do losango no papel termocolante, coloque sobre o veludo e passe com o ferro no veludo e recorte. Remova a película do papel termocolante. Faça a montagem do padrão geométrico sobre o lado mais escuro do jacquard que fica no encosto da poltrona.
4. Abra um pedaço do zíper, recorte um pedaço e encaixe o final do zíper.

5. Corte quatro tiras de jacquard com a medida do fundo da almofada, tomando o cuidado de ultrapassar 15 cm no comprimento de cada lado. Dessa forma, será mais fácil vestir a capa da almofada quando precisar retirá-la para lavar. Costure as faixas, formando um par e deixando 1 cm de bainha. Lembre-se de posicionar um dos tecido pelo lado direito e outro pelo avesso. Assim, você poderá usar bem a dupla face. Costure uma trava em cada um dos extremos das faixas, unindo-as, para evitar que elas se soltem.
6. Encaixe o zíper na abertura entre as duas faixas de jacquard. Deixe as pontas bem rentes a cada uma das travas costuradas na etapa anterior. Prenda com alfinetes e bata um pé de máquina sobre o mesmo local onde foi feita a costura anterior. Costure um lado do zíper até chegar à trava e, depois, costure o outro. Corte o excesso de zíper depois de finalizar a costura.
7. Refile a ponta das faixas costuradas com zíper. Costure a faixa com zíper em um retângulo de tecido cortado na primeira etapa. Corte duas faixas de acabamento na cor oposta à usada na faixa, para brincar com o lado da dupla face. Faça um “sanduíche” com as faixas de acabamento, costurando-as nas extremidades na faixa com zíper, para formar uma espécie de viés. 
8. Restaure também as espumas da poltrona, para deixá-las mais firmes e macias. Enrole a antiga espuma de uma a duas vezes na manta acrílica, fazendo um “sanduíche”. Cole as pontas com cola quente, apenas para emendar .

Nenhum comentário:

Postar um comentário